Festa de Nossa Senhora de Fátima (Várzea do Giló) - 2010

terça-feira, outubro 12, 2010
30 de maio de 2010, festa de Nossa Senhora de Fátima, padroeira da Comunidade da Várzea do Giló, distrito de Ipu, localizada a 10 Km de Ipu, direção: Guaraciaba do Norte. Os festejos de cada comunidade são celebrados durante 9 dias pela comunidade e durante 3 dias, novena e Missa, e no 4º dia a festa da padroeira, presidida pelo Vigário paroquial, Padre Marcone. A comunidade da Várzea di Giló é muito acolhedora e participativa. Segundo relato do Pe. Marcone, durante os 3 dias de novena, a Igreja se manteve cheia e os fieis fervorosos celebraram piedosamente a sua padroeira.
Na última novena aconteceu o Sacramento da Confissão para as 23 crianças que foram preparadas pela catequese local. No domingo, durante a celebração, as crianças receberam o Sacramento da Eucaristia, na qual os nomes podem ser visualizados na página "Festa dos Santos", mais 4 crianças recebram o Sacramento do Batismo. A liturgia foi solenizada pelo coral Vozes de Maria. A catequese da Várzea do Giló tem procurado se organizar, são 6 catequistas trabalhando de 2 em 2, segundo o envio de Nosso Senhor Jesus Cristo aos seus discípulos.
O que ainda deixa a desejar é que não temos catequistas de perseverança, ficando assim, as crianças ociosas até a preparação para a Crisma. Como nós temos o grupo Juventude Marial Vicentina na comunidade, pedi a um dos memebros que o grupo pensasse na possibilidade de ter o Mini Maria, aproveitando as crianças que já fizeram a Eucaristia, já que a faixa etária corresponde aos diretórios da JMV. Expliquei para ele que o conteúdo utilizado por esta catequese podia ser o carisma mariano e que essas ao receberem o Sacramento da Crisma, automaticamente estariam passando para o grupo de Jovens. Ele prometeu e repassar e pensar no caso e dar uma resposta porteriormente.
A catequese do Ipu começa aos 7 anos com a Iniciação à Eucaristia; 8 anos a Pré; e 9 anos a Eucaristia; aos 10 anos a Criança recebe Jesus Eucarístico, devendo ingressar, em seguida em um grupo perseverante. No meu modo de ver este grupo deveria ser de uma pastoral ou grupos existentes na comunidade, pois seria uma preparação para o ingresso pastoral e o serviço de discípulo-missionário.