Pastoral da Criança

sexta-feira, fevereiro 10, 2012


A Pastoral da Criança é uma organização comunitária, de atuação nacional e internacional, que tem seu trabalho baseado na solidariedade humana e na partilha do saber. O Objetivo é o desenvolvimento integral das crianças, desde a concepção até os seis anos de idade, em seu contexto familiar e comunitário,a partir de ações preventivas e que fortaleçam o tecido social e a integração entre as famílias e a comunidade.

Organismo de Ação Social da CNBB - Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, a pastoral da Criança é ecumênica, ou seja, aberta a pessoas de todas as religiões. Também não faz distinção de raça, cor, sexo, opção política ou nacionalidade.

A principal característica da Pastoral da Criança é a sua imensa rede de solidariedade, formada por 267 mil voluntários, que atuam em nível comunitário, e que dão sustentação à instituição. O Voluntário da Pastoral da Criança realiza mais do que um trabalho junto às famílias que acompanha: ele tem uma missão de Fé e Vida, de fraternidade cristã, de amor e de corresponsabilidade social.

Implantação da Pastoral na Paróquia
Ipu – A semente da Pastoral da Criança foi lançada com a chegada das missionárias: Rosângela Rodrigues e Zilma Gorete Campos, enviadas pelo Setor de Ji – Paraná/Rondônia no dia 15 de janeiro de 2006, na Diocese de Sobral, Paróquia São Sebastião, município de Ipu – Ceará. Preparamos o terreno e começamos as capacitações. Foram capacitados 29 líderes de 09 comunidades no Guia do Líder. A primeira reunião de reflexão e avaliação para o preenchimento das FABs aconteceu com muito empenho e entusiasmo. Graças ao esforço dos líderes e equipe de apoio estão sendo acompanhadas 286 famílias, 336 crianças e 33 gestantes. O que mais nos chamou a atenção foi o grande número de crianças com diarréia: 75 crianças e apenas 07 desnutridas (dados do primeiro peso, mês de abril/2006). Estes líderes são do Município de Pires Ferreira, que pertence ao Ramo São Sebastião de Ipu, no qual já estamos acompanhando 30% das crianças pobres. Para a sede da paróquia iniciamos as capacitações no Guia do Líder, com média de 45 pessoas. O grande desafio é a sede da Paróquia. Assim, agradecemos todo o apoio do Padre Raimundo Nonato Timbó de Paiva por todo carinho e incentivo ao trabalho da Pastoral da Criança. Ele não mede esforços para a realização do trabalho das missionárias.
Colaboração: Rosângela Rodrigues da Silva e Zilma Gorete Campos – Missionárias da Pastoral da Criança/2006