Fiéis lotam Matriz para assistir missa de Lava Pés

sexta-feira, abril 06, 2012


Cerca de 500 fiéis estiveram presentes na celebração da missa do Lava-pés, ou missa da Ceia do Senhor, realizado na noite desta quinta-feira (05/04) na Igreja da Matriz de Ipu. O tema da Campanha da Fraternidade deste ano foi lembrado na escolha dos cristãos que tiveram seus pés lavados: profissionais da saúde que trabalham diretamente ou indiretamente na saúde do município.

Com a ajuda de um coroinha e abaixando-se aos pés de um por um o pároco da cidade, Pe. Raimundo Nonato Timbó de Paiva, lembrava aos fiéis presentes na celebração o momento em que Jesus Cristo lavou os pés dos apóstolos em sinal de humildade, lavando os pés de doze membros da comunidade.

Sentados em cadeiras colocadas e frente ao altar da igreja, médico, idosos, dentistas e profissionais da saúde, compuseram um dos atos mais importantes para os católicos: o sinal máximo de amor ao próximo.


Durante a homilia, o pároco ressaltou a importância da data. Que celebra o ponto alto do catolicismo, com as cerimônias de instituição do sacramento da Eucarístia. Logo após a celebração um cortejo com o santíssimo saiu em procissão ao redor da igreja até um horto "especie de altar" na lateral da Igreja que foi construído pelo artista plástico, o professor Josemar Gomes.

Adoração

Após a celebração iniciou na Igreja Matriz de Ipu adoração ao santíssimo a cada hora fiéis divididos em grupos e pastorais se revesam em adorações e louvores ao corpo de cristo representado na hóstia consagrada

Hoje sexta-feira da paixão acontecerá as 18hs a narração da Paixão de Cristo com a celebração do Beijo da Cruz.

Amanhã a "Vigília Pascal" é a celebração mais importante do calendário litúrgico cristão, por ser a primeira celebração oficial da Ressurreição de Jesus. Historicamente, é durante essa celebração que as pessoas (especialmente adultos) são batizados e adultos catecúmenos são recebidos em plena comunhão com a Igreja. É realizada nas horas de escuridão entre pôr-do-sol no Sábado Santo e o amanhecer da Páscoa. É marcada pela primeira entoação desde o início da Quaresma do Glória e do Aleluia, uma característica litúrgica do Tempo Pascal. Do mesmo modo na Ortodoxia Oriental, a Divina Liturgia, que é celebrada durante a Vigília de Páscoa é a mais importante e elaborada do ano eclesiástico. (wikipédia)



Galeria de fotos