Último dia da Semana Santa reúne centenas de católicos em Ipu

domingo, abril 05, 2015

Sábado de Aleluia conhecido também como Sábado Santo é o dia seguinte à Sexta-Feira Santa e anterior à Páscoa. É o último dia da Semana Santa, na qual os cristãos se preparam para a celebração da Páscoa. Nele se comemora o dia que o corpo de Jesus Cristo permaneceu sepultado no túmulo.

Católicos ipuenses participaram neste sábado (4) da Missa do Sábado de Aleluia, conhecida também como a celebração da Vigília Pascal. O ato é o mais importante do ano litúrgico em que a igreja celebra justamente a morte e ressurreição de Jesus Cristo. Na paróquia de Ipu, o evento religioso foi realizado, nesta noite, pelo pároco padre Raimundo Nonato Timbó. 




A Vigília começou por volta da meia-noite, dia 05/04, (passagem do Sábado para o Domingo), com a Benção do Fogo no Santuário de Nossas Graças (Bairro da Boa Vista). Em frente ao Santuário foi feito uma fogueira que serviu para ascender o Círio Pascal, que por sua vez nos recorda o Cristo Ressuscitado. Depois da Benção do Círio, o povo de Deus saiu com suas velas acessas em procissão pelas Ruas de nossa Cidade até chegar a Igreja Matriz. Em seguida, dando continuidade a Solene Vigília Pascal, Pe. Nonato cantou solenemente a Proclamação da Páscoa, enquanto o povo de Deus em silêncio e com suas velas nas mãos acompanhava todo o rito com profundo respeito.


Durante a Celebração se deu por meio da Liturgia da Palavra na qual o padre ressaltou o calendário litúrgico na diocese e a visita da imagem da mãe peregrina que esse ano de 2015 visitará a paróquia de Ipu.
dois novos membros, dois jovens que foram batizados. Dentro dessa mesma Liturgia aconteceu a Benção da água na qual é submergido o Círio Pascal, simbolizando a descida de Cristo no sepulcro e sua respectiva ressurreição. Finalizado esse momento, a Celebração deu continuidade com a Liturgia Eucarística, na qual destaca a ideia de Cristo Cordeiro Pascal que tira o pecado do mundo – que destruiu a morte e ressurgindo deu-nos a vida. Por fim, depois da Benção Final, aconteceu uma breve procissão com a imagem do Cristo Ressuscitado.


Domingo de Páscoa

Segundo a tradição católica, o sacrifício de Jesus Cristo ao morrer na cruz para salvar seus irmãos deve ser relembrado. No domingo de Páscoa que a vida venceu a morte e o filho de Deus ressuscitou.
A data em que se comemora a ressurreição de Jesus Cristo, possui um significado especial para os católicos.
Na manhã deste domingo (05), fiéis lotaram a Igreja da Matriz de São Sebastião. A missa solene de Páscoa foi comandada pelo padre Gerson, reitor do Seminário de Fortaleza.
A igreja ficou pequena para a grande quantidade de fiéis que acompanharam a celebração religiosa na igreja Matriz.


Baixa Larga

Na localidade de Baixa Larga a tradicional missa do Lava-pés lembrou a última vontade de Jesus antes da sua morte e ressurreição. A celebração realizada sempre nas quintas-feiras da Semana Santa, retrata a última ceia com os apóstolos.

Um dos momentos mais marcantes relatados pelos fiéis foi a repetição do que Jesus fez durante a ceia, tempo em que levantou, pegou água e lavou e enxugou os pés dos discípulos. Segundo a Igreja Católica, ao lavar os pés, Cristo deixou uma mensagem de humildade aos seus companheiros, que deve ser difundida por toda a humanidade.


De acordo com a tradição cristã católica, a missa do Lava-pés é tradicional durante o tríduo pascal, quem é composta pela quinta-feira santa, sexta-feira santa e vigília pascal, que acontece na madrugada do domingo de páscoa.

Galeria de fotos: