Missa do Trabalhador marca comemorações do 1º de maio em Ipu

sábado, maio 02, 2015

A tradicional missa dos trabalhadores foi realizada na Igreja Matriz de São Sebastião, no Centro da cidade de Ipu, na manhã desta sexta-feira, 1º de maio com missas de 7 e 9hs.
Centenas de católicos se reuniram na igreja matriz onde a celebração foi presidida pelo padre Lucas durante a celebração de 7: 00hs e pelo Pe. Raimundo Nonato na missa de 9:00hs. Alguns trabalhadores agradeceram graças e pediram proteção para quem busca emprego.

O Dia do Trabalho é comemorado em 1º de maio. No Brasil e em vários países do mundo é um feriado nacional, dedicado a festas, manifestações, passeatas, exposições e eventos reivindicatórios. 

Em Ipu, os grupos de cenáculos da sede com suas imagens que irão peregrinar por todo o mês de maio nas residências de cada bairro, realizaram uma passeata levando as imagens dos santos representantes de seus cenáculos, o movimento saiu da igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, (a Igrejinha), onde passaram pelas principais ruas da cidade com destino a Igreja Matriz, onde aconteceu a missa e teve o tradicional envio das imagens.

O Dia do Trabalho também é uma data religiosa. Na data, a igreja católica celebra o Dia de São José Operário, considerado o padroeiro do trabalhador.
Marido de Virgem Maria e pai ‘adotivo’ de Jesus Cristo, José era carpinteiro e ensinou os ofícios da profissão para seu filho.
“Ele é o responsável pela Sagrada Família Nazaré. Era batalhador, justo e sempre prestativo”, conta o padre Samuel José de Carvalho, da Paróquia São José Operário, em Santos.
São José é o único santo celebrado em duas datas, pois no dia 19 de março também é comemorado como esposo de Maria e protetor das famílias.
Mas, em 1º de maio de 1955, o papa Pio XII decidiu, diante de uma multidão de 200 mil operários reunidos na Praça de São Pedro, que o Dia do Trabalho teria a bênção e proteção de São José Operário.

Galeria de fotos: