As ‘férias’ do Papa Francisco

sexta-feira, julho 08, 2016
domus_santa_marta-740x493

O Papa Francisco começou neste mês de Julho as suas ‘férias’. Suspenderam-se as audiências públicas das quarta-feiras e as privadas, com algumas exceções, com algumas exceções, como na sexta-feira passada quando recebeu a nova prefeita de Roma, Virginia Raggi; e o iniciador do Caminho Neocatecumenal, Kiko Arguello.
Além disso, nesta quarta-feira, 6 de Julho, o Papa concederá uma audiência na Sala Paulo VI a um grupo de 200 enfermos e deficientes, acompanhado pelo arcebispo de Lião (França), o cardeal Philippe Barbarin.
Também se suspendeu a publicação das homilias de Francisco na sua missa diária na capela da Residência Santa Marta, até o dia 8 de setembro.
Mantém-se, no entanto, o Angelus com os fieis na Praça de São Pedro, a cada domingo, ao meio dia e confirmou-se a viagem apostólica de Francisco à Polônia, do 27 ao 31 de Julho, para a JMJ Cracóvia.
As audiências do Jubileu da Misericórdia voltarão no dia 10 de setembro e as entradas continuarão a ser gratuitas.
Portanto, o Santo Padre não realizará movimentações, nem passará algumas semanas na residência de Castel Gandolfo localizada a uns 25 Km de Roma, onde o clima é mais fresco, nem a outros locais de montanha ou de mar. O Papa, como nos anos anteriores, passará o seu verão na residência de Santa Marta, onde tem o seu mini apartamento.
No blog El Sismografo, Luis Badilla, diretor do site, destaca que os horários da vida do Pontífice não mudam: levanta-se diariamente às 4h45 da manhã. À tarde tem uma breve sesta às 16h45. Os horários de refeições permanecem.
Pela noite, entre as 22h15 e as 22h45 o Santo Padre conclui a sua jornada com um longo momento de oração antes de ir dormir e nestes dias dorme um pouco mais.
“Muda, pelo contrário, e muito – garante Badilla – o tempo que o Papa Francisco dedica à oração, ao estudo, à leitura, a ouvir música, bem como aos temas próprios do seu cargo.
https://pt.zenit.org