Festa da Epifania do Senhor

sábado, janeiro 07, 2017
Resultado de imagem para Festa da Epifania

A Festa da Epifania acontece no dia 6 de janeiro. O catecismo da Igreja explica que a Epifania é a manifestação de Jesus como Messias Israel, Filho de Deus e Salvador do mundo. “O mundo cristão celebra como epifania três eventos: a Epifania propriamente dita perante os magos do oriente (Mt 2, 1-12) celebrada dia 6 de janeiro; a Epifania a João Batista (Batismo de Jesus ) no rio Jordão; e a Epifania a seus discípulos e início de sua vida pública com o milagre de Caná, quando começa o seu ministério.” Desde que Adão e Eva pecaram, Deus toma a iniciativa e vai ao encontro da humanidade para se revelar como Deus “que salva”. E no tempo previsto enviou seu Filho amado Jesus Cristo, nascido do seio da Virgem Maria. Por amor a cada um de nós, Jesus se entregou à morte de cruz. E, assim nos tirou das trevas do pecado e nos trouxe para o seu Reino de luz, dando-nos vida nova pelo seu Espírito. O Papa Bento XVI diz que Jesus, “por amor, fez-se história na nossa história; por amor veio trazer-nos o germe da vida nova (cf Jo 3, 3-6)”. E continua dizendo que Deus “se revelou na história como luz do mundo, para guiar e introduzir finalmente a humanidade na terra prometida, onde reinarão liberdade, justiça e paz”. Nesse dia a liturgia tem como tema a luz, por isso o Papa conclui: “se manifesta para nós a luz de um Deus que nos mostra o seu rosto, que se nos apresenta na manjedoura de Belém, que nos aparece na Cruz”.

Não há treva, portanto, que resista à luz de Cristo: “Eu sou a luz do mundo; quem Me segue não andará nas trevas, mas terá a luz da vida” (Jo 8, 12). O Papa Bento XVI continua a ensinar: “Cristo é luz, e a luz não pode obscurecer, mas apenas iluminar, esclarecer, revelar. Portanto, ninguém tenha receio de Cristo e da sua mensagem! E se ao longo da história os cristãos, sendo homens limitados e pecadores, por vezes o traíram com os seus comportamentos, isto faz sobressair ainda mais que a luz é Cristo e que a Igreja a reflete unicamente permanecendo unida a Ele. “Precisamos também ser luz para os irmãos; ser testemunho de fé, esperança e caridade, para que outras pessoas, vendo nosso exemplo, também queiram seguir Jesus Cristo.

A luz da estrela de Belém guiou os Reis Magos até ao Deus da luz, Jesus Cristo. Chegando à gruta, os Reis Magos ajoelharam-se diante daquele que é Rei e Senhor de tudo e O presentearam com ouro, significando a realeza de Jesus; o incenso, significando a sua divindade; e mirra, significando a sua humanidade (Mt 2.11).
Pelo ensinamento da Igreja os Reis Magos representam todos os povos e nações que adoram e glorificam a Jesus Cristo, o Messias enviado do Pai. E que Jesus não veio salvar somente um povo, mas homens e mulheres de todas as culturas e nações. Esses são os nomes dos Reis Magos: Belchior, Gaspar e Baltazar. Seus restos mortais encontram-se na cidade de Colônia (Alemanha). Eram dotados de muita sabedoria e tinham conhecimento de Astronomia: viram a estrela no Oriente e a seguiram até a Gruta de Belém, onde estava o menino Jesus, Maria e José.

A festa da Epifania fala do encontro dos Reis Magos com Jesus Menino, na manjedoura. Esse encontro só foi possível, porque os Magos buscavam a Verdade com o coração humilde e desapegado. Infelizmente o mesmo não acontece com Herodes. Ver Jesus, tocar Jesus, sentir-se amado por Ele, requer de nós o querer e o despojamento; é entregar totalmente, sem restrições o nosso coração a Ele. Deixemos que Jesus se manifeste poderosamente em nossa vida, transformando-a radicalmente.
Oração: Que Deus nos dê um coração sábio e inocente, que nos permita ver a estrela da sua misericórdia e seguir o seu caminho, para O encontrar e ser inundados pela grande luz e pela verdadeira alegria que Ele trouxe” (Papa Bento XVI).
Que o Senhor Jesus dê um feliz 2013 cheio de paz e luz para todos nós! E que a família de Nazaré cuide sempre de nossas famílias para que a haja concórdia, fraternidade e amor entre seus membros.

A toda família diocesana um Santo Natal! Um grande abraço a todos cantores e cantoras de Deus!
Lilian Hanel