Papa Francisco nomeia bispos para Paraíba e Belo Horizonte

quarta-feira, março 08, 2017

Mudanças no episcopado brasileiro: o Papa Francisco nomeou nesta quarta-feira, 8, um novo arcebispo para a Paraíba: Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz, que até então estava na diocese de Campina Grande.
A arquidiocese da Paraíba estava vacante desde o dia 6 de julho de 2016, quando o Santo Padre aceitou a renúncia apresentada por Dom Aldo Di Cillo Pagotto. Como administrador apostólico, que é aquele que governa a diocese até a nomeação de um novo bispo, foi nomeado o bispo emérito de Palmares (PE), Dom Genival Saraiva de França.
Também nesta quarta-feira, Francisco nomeou padre Vicente de Paula Ferreira como bispo auxiliar da arquidiocese de Belo Horizonte. Até então, padre Vicente era formador dos estudantes de Teologia da Província Redentorista de Belo Horizonte. A nomeação atende ao pedido de Dom Walmor Oliveira de Azevedo, arcebispo metropolitano, de poder contar com a ajuda de um bispo auxiliar.

Sobre os novos bispos

dom manoel delson
Dom Manoel Delson / Foto: Arquidiocese de Maceió
Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz é natural de Biritinga (BA) e nasceu no dia 10 de julho de 1954. Estudou Filosofia e o início da Teologia no Seminário São Francisco de Assis em Nova Veneza (SP) e concluiu os estudos teológicos no Instituto de Teologia da Universidade Católica de Salvador (BA). É mestre em Ciência da Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Salesiana de Roma e graduado em Letras pela Universidade Católica de Salvador.
Foi ordenado padre no dia 5 de julho de 1980, na arquidiocese de Feira de Santana (BA), onde, em 24 de setembro de 2006, recebeu sua ordenação episcopal. Foi acolhido na diocese de Caicó (RN), no dia 8 de outubro daquele ano. Sua nomeação para a diocese de Campina Grande aconteceu no dia 08 de agosto de 2012. Seu lema episcopal é “Ide aos meus irmãos” (Jo 20,17).
Dom Pedreira é autor do livro “Rádio Comunitária e Catequese: hipótese de um trabalho complementar – Dissertação de Mestrado em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Gregoriana”.

Padre Vicente de Paula

Padre Vicente de Paula / Foto: CNBB
Padre Vicente de Paula / Foto: CNBB
Padre Vicente de Paula Ferreira nasceu em Alegre (ES), no dia 21 de outubro de 1970. Fez sua profissão religiosa na Congregação Redentorista, Província do Rio de Janeiro, em 1992. Foi ordenado presbítero em 1996.
Graduado em Filosofia pela Universidade Federal de Juiz de Fora e em Teologia pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE), padre Vicente de Paula fez doutorado em Ciência da Religião pela Universidade Federal de Juiz de Fora e estágio pós-doutoral, em Teologia, na FAJE.
O presbítero já exerceu as funções de promotor vocacional, vigário paroquial e formador. Também já participou de vários trabalhos nas missões itinerantes. De 2005 a 2014 foi superior provincial da Província Minas, Rio e Espírito Santo, época em que foi presidente da União dos Redentoristas do Brasil e coordenador nacional da Juventude Redentorista.
Atualmente, pertence à Sociedade de Estudos Psicanalistas de Juiz de Fora (MG) e possui publicações sobre cristianismo e pós-modernidade, crônicas e poesia. Também é formador dos Estudantes Redentoristas de Teologia, em Belo Horizonte (MG).
Materia Canção Nova