Título de honoris causa em Medicina ao Papa, “um médico das almas”

quarta-feira, março 29, 2017
A Universidade de Salerno, cidade ao sul da Itália, pretende conferir o título de doutor honoris causa em Medicina ao Papa. 

Um documento oficial já foi enviado ao Pontífice e ao secretário de Estado do Vaticano, o Cardeal Pietro Parolin, justifica o título honorífico a Francisco “pelos seus dotes e capacidades, universalmente reconhecidos, de médico das almas e de íntimo conhecedor das necessidades das pessoas mais vulneráveis, mais pobres, mais necessitadas da divina misericórdia e da solidariedade humana”. 


O anúncio foi feito há 10 dias pelo reitor da universidade, Aurelio Tommasetti, e pelo diretor do Departamento de Medicina, Mario Capunzo, durante um convênio dos médicos católicos em Baronissi. 

O evento sobre a humanização da medicina foi promovido pela Associação dos Médicos Católicos Italianos e pela Escola Médica de Salerno, a mais antiga do gênero no mundo.

O título de honoris causa é entregue a personalidades que tenham se destacado em determinada área do conhecimento, sem que necessariamente possuam um diploma universitário.