Autorizado o pedido de abertura do processo de beatificação do padre Léo

quarta-feira, setembro 27, 2017
O arcebispo de Florianópolis (SC), Dom Wilson Tadeu Jönck, scj, autorizou o pedido feito pela Comunidade Bethânia para a abertura do processo de beatificação do padre Léo
A informação foi divulgada nesta terça-feira, 26, em nota oficial publicada no perfil da Comunidade Bethânia no Facebook e replicada no site da arquidiocese de Florianópolis (SC). Os próximos passos incluem a escolha de um postulador para a causa de beatificação e a abertura formal do processo. 
A Comunidade Bethânia já vinha estudando o pedido de abertura desse processo, tendo em vista o recebimento de tantos testemunhos de curas físicas pela intercessão de Padre Léo.
sacerdote faleceu no dia 4 de janeiro de 2007, aos 45 anos, vítima de infecção generalizada por causa de um câncer no sistema linfático. Fundador da Comunidade Bethânia, que trabalha com a recuperação de dependentes químicos, padre Léo transformou a vida de muita gente com suas pregações, em especial com seu testemunho de vida.
Confira a seguir a íntegra da nota divulgada hoje:
NOTA OFICIAL SOBRE O PROCESSO DE BEATIFICAÇÃO DO PADRE LÉO
Conforme trajeto formal e necessário, formulado pela Mãe Igreja, foi apresentado ao Arcebispo de Florianópolis, D. Wilson Tadeu Jönck, por parte da Comunidade Bethânia o pedido de abertura do processo de Beatificação do Pe. Leo.
D. Wilson acolheu, autorizou e incentivou o trabalho nesta direção indicando os passos seguintes. Por estes dias ainda será acordado com um “Postulador da Causa de Beatificação” os passos para a abertura formal do processo e a continuidade do mesmo.
Em breve serão anunciados todos os detalhes.
Convocamos a todos para que rezem nesta intenção, podendo entrar em contato com a Comunidade Bethânia para esclarecimentos e comunicação de possíveis graças.
Fonte: Cancão Nova