Após 50 anos de sua morte, Pe. João Schiavo é beatificado no Brasil

segunda-feira, outubro 30, 2017
Na manhã deste sábado, 28, foi beatificado Pe. João Schiavo. “Há pouco mais de 50 anos de sua morte, a Igreja eleva hoje, à honra de seus altares, (…) o missionário italiano da congregação de São José”.  As palavras são do presidente da celebração de beatificação e Prefeito da Congregação das Causas dos Santos, Cardeal Angelo Amato, em homilia lida nos pavilhões da Festa da Uva, em Caxias do Sul (RS).
“Ele se santificou aqui, nesta terra brasileira, pátria de santos e de mártires. (…) Ele se sentia intimamente brasileiro, passou sua vida sacerdotal e apostólica no Brasil, onde encontrou terreno forte para praticar de modo heroico o evangelho de Jesus Cristo”, ressaltou Cardeal Angelo Amato, ao comentar experiência de vida do beato no país.
Segundo o cardeal, Pe. João Schiavo era um apóstolo dinâmico e criativo, autor de várias obras sociais de sua congregação no Brasil, onde expressou, bondade, caridade e gentileza, aos pobres. O amor e devoção da comunidade caxiense ao beato pôde ser vista durante toda a celebração organizada pela Diocese de Caxias do Sul, pela Congregação das Irmãs Murialdinas de São José, pela Congregação dos Josefinos de Murialdo e pela Associação dos Amigos do Pe. João Schiavo.

Arquidiocese de Caxias do Sul