O encontro do Papa com as vítimas de abuso por parte do clero

janeiro 17, 2018
Depois de pedir perdão pelas falhas de membros da Igreja que abusaram de crianças no primeiro discurso no Chile, depois do almoço, o Papa Francisco recebeu na Nunciatura Apostólica de Santiago um pequeno grupo de vítimas de abusos sexuais.
De acordo com o Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Greg Burke, o encontro se realizou de forma estritamente privada. “Ninguém mais estava presente: somente o Papa e as vítimas. E isso para que pudessem contar seus sofrimentos ao Papa Francisco, que os ouviu, rezou e chorou com eles.”
Na manhã de terça-feira, no Palácio presidencial “La Moneda”, diante de autoridades, representantes da sociedade civil e o corpo diplomático, o Pontífice afirmou:
“Não posso deixar de expressar o pesar e a vergonha que sinto perante o dano irreparável causado às crianças por ministros da Igreja. Desejo unir-me aos meus irmãos no episcopado, porque é justo pedir perdão e apoiar, com todas as forças, as vítimas, ao mesmo tempo que devemos nos empenhar para que isso não volte a se repetir.”