Paróquias de Uruoca e Cariré acolhem novos párocos

quinta-feira, fevereiro 22, 2018
A Paróquia de Nossa Senhora do Livramento em Uruoca acolheu seu terceiro pároco, Pe. Emídio Moura, no primeiro domingo da quaresma, 18, enquanto Pe. João Batista Nery tomou posse na Paróquia de Santo Antônio de Pádua de Cariré como 14° pároco na sexta-feira, 16. As santas missas de posse foram presididas pelo bispo diocesano Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos e concelebradas por diversos sacerdotes da Diocese.

Refletindo acerca do Evangelho do primeiro domingo da quaresma, 18, Dom Vasconcelos desejou que o novo pároco Pe. Emídio Moura conduza o povo de Uruoca no poder do Espírito Santo. “Que o Pe. Emídio, homem tão capaz, tão dotado, com tantas qualidades, possa compreender que Uruoca é o lugar teológico que o Senhor o chama para uma nova caminhada, adentrando seu deserto interior. Que possa conduzir na força do Espírito Santo este rebanho”, destaca.

Dom Vasconcelos lembrou que a Paróquia de Santo Antônio de Pádua de Cariré acolheu seu 14° pároco, Pe. João Batista Nery. “Pe. Nery é um discípulo e missionário que Jesus vem enviando para visitar vossas casas, ser acolhido e ser porta-voz de uma mensagem que salva e liberta. Ele veio emprestar seu ouvido aos pecadores, ministrando o sacramento da reconciliação; veio para alimentar com o pão da Eucaristia, o pão vivo em corpo, alma e divindade. Não veio para ser servido, mas para servir. Que esta paróquia o acolha e siga com ele”, desejou em sua homilia.

Pe. Nery, novo pároco de Cariré, saudou o povo de Deus de sua atual Paróquia e das anteriores. Ele disse desejar que a evangelização cresça cada vez mais. “Quis a necessidade da Igreja que eu viesse para Cariré. Estou com alegria e com vontade. Vamos juntos arregaçar as mangas. Sou um colaborador da ordem episcopal, padre com a Igreja, com um olhar especial para as ovelhas perdidas. Vamos evangelizar com um testemunho de comunhão. Juntos vamos edificar a Igreja que está em Cariré”, anuncia.

Pe. Emídio Moura saudou o povo de Uruoca e desejou uma caminhada de fé e amizade. “A vocês, meus amados e amadas de Reriutaba, de Bela Cruz e de tantos outros lugares, minha inesquecível gratidão. Paroquianos de Uruoca, quero ser o bom pastor e quero que sejam um bom rebanho. Quero que nos movamos pelo amor a Deus e aqui na terra já viveremos o céu. Estou diante de vocês com o coração aberto, as mãos estendidas para sermos um para o outro. Desejo a amizade de vocês.  Quero gostar muito de vocês e quero  que vocês gostem muito de mim.”

Matéria Jornal Correio da Semana