Você já pensou em se tornar Dizimista?

segunda-feira, fevereiro 17, 2020

O que é o Dízimo?

É uma devolução que faço a Deus através da Igreja, de todos os meus rendimentos em forma de ação de graças pelo muito que dele recebemos em nosso dia-a-dia.
O Dízimo é Santo e é a décima parte do nosso trabalho, que pertence a Deus e a ele devemos devolver (Lev 27, 28-32). É um ato de amor e fé consciente.

10% de meus rendimentos? O seu dízimo será sempre o que definir sua consciência de pessoa de fé. A bíblia diz que deve ser 10% dos frutos de seu trabalho.

Dízimo e suas 3 dimensões:

Religiosa: despesas com o culto, com o sacerdote, com o templo.
Social: ajuda aos mais necessitados.
Missionária: despesas com a evangelização dentro e fora dos limites da comunidade.

Por que devo ser Dizimista?

Acima de tudo porque o Dízimo é bíblico. Deus pede a quem tem fé que assumam verdadeiramente a sua igreja.

O Dízimo na bíblia?

Existem inúmeras citações bíblicas, tanto no antigo quanto no novo testamento, exemplo: Gn14, 20/ Gn 28, 22 /Ml 3, 10 / 2Cor 9,6-9 / Lc 11, 42 / Mt 23,23 /At 2, 42-46

Por que ser Dizimista fiel?

Ser fiel no dízimo é sinal de compromisso e fidelidade com Deus, é cumprir meu papel de cristão batizado. É viver de forma concreta o amor e a generosidade com os irmãos.
                                   
                                                 Oração do Dizimista

Recebei, Senhor, nosso Dízimo! Não é uma esmola, porque não sois mendigo. Não é uma simples contribuição, porque não precisais dela.
Esta importância representa, Senhor, nosso reconhecimento, amor e participação na vida da comunidade, pois o que temos, recebemos de vós. Amém!

Plantões do Dízimo
1. Na Secretaria Paroquial, de segunda a sábado;
2. Na Igreja Matriz, aos sábados e domingos;
3. Na capela de Nossa Senhora das Graças (santuário), aos sábados;
4. E na Capela de São Vicente, aos domingos.