COMUNIDADES DA SEDE

 Capela Nossa Senhora da Assunção - Bairro do Escondido

João ou Pedro? 

Tudo começou quando uma senhora do Bairro do Escondido doou 60 palmos de um terreno e os moradores se juntaram para comprar os outros 60 palmos, cada palmo custava na época 50 reais muitas famílias doaram para comprar o terreno. 

Para a escolha do nome do padroeiro foi feita uma eleição, na disputa de nomes estavam os santos: São João e São Pedro, o escolhido pelos votantes foi São João, mas não agradou à senhora que fizera a doação do terreno, que queria que fosse São Pedro o escolhido, desta forma ela decidiu tomar a parte que tinha doado. 

O terreno que os moradores compraram passou diversos anos sem nenhuma ação até que o senhor Miranda quando estava construindo casas no bairro conversou com um dos moradores que fazia parte do conselho, oferecendo uma troca de terreno, que foi aceita pelos moradores, voltamos a sonhar com a construção de nossa capela.

Foram falar com o pároco da época Padre Raimundo Nonato sobre retornar o projeto da construção da capela. Quando voltaram já vieram com a certeza da construção da capela e já com o nome da padroeira. 

Nossa Senhora da Assunção no começo acharam estranho, pois ainda não conheciam a historia da santa, os moradores do bairro eram e ainda são muito devotos de Nossa Senhora das Graças, antiga padroeira do bairro, mas tudo foi só uma questão de tempo para se acostumarem e ficar sabendo do dogma da Assunção onde Nossa Senhora foi coroada como Rainha dos céus e da terra.

Toda capela tem uma imagem de seu padroeiro, assim que foi escolhido o nome de nossa padroeira o conselho buscou adquirir uma imagem, porém foi muito difícil encontrar.

Certo dia dona Euda foi falar com o Padre Raimundo Nonato sobre essa dificuldade para encontrar uma imagem de Nossa Senhora da Assunção, ele doou para a capela a imagem, desde esse dia essa mesma imagem peregrina no mês de maio de casa em casa e no cenáculo. 

A construção da capela da Assunção se deu início no dia 13 de junho de 2014, quando o terreno ficou plano e os moradores ao anoitecer fizeram uma fogueira no local e rezaram o santo terço. 

No dia 17 de abril de 2020 foi concluída a cobertura da capela e os moradores se juntaram para rezarem o santo terço em agradecimento a Nossa Senhora por mais essa conquista. 

Passados seis anos já podemos ver quantas batalhas enfrentas e vencidas.

O dia de Nossa Senhora da Assunção e comemorado no dia 15 de agosto onde se fazem os festejos voltados a nossa padroeira e sua coroação acontece sempre no último domingo do mês de maio. 

Durante todo o ano temos uma vez por mês missas, as quartas feiras o grupo São Miguel Arcanjo administra o grupo de cura e libertação, aos sábados encontro de catequese, grupo de crisma e o projeto de retornar a infância missionária e formar um grupo de jovens.

Nem João nem Pedro quem ganhou foi a Assunção onde em seu trono reina sempre nos amparando, nos protegendo e nos defendendo de tudo que a de ruim. 

A comunidade Nossa Senhora da Assunção agradece a todos aqueles que ajudaram e sempre continuaram ajudando em nossa obra.

Texto: Gilmário Campos 

Capela Nossa  Senhora das Graças - Bairro Alto da Boa Vista

Em 1985, dona Socorro Miranda, dona Maria Alda Costa (dona Aldinha) convidaram outras mulheres para juntas formarem um grupo de oração, de catecismo e convidam irmã Lina para dar formação, apoio, instrução, nasce a Comunidade Nossa Senhora das Graças. 

Passados os anos, precisamente em 2005, a Comunidade ganha um terreno do Sr. Moacir Miranda e Gorete, sua esposa, terreno este para a construção de uma Capela. 

No dia 08 de novembro de 2006 foi lançada a pedra fundamental, enterrou-se um pote no centro, contendo nomes de várias pessoas. 

Padre Nonato Timbó de Paiva neste dia foi o celebrante. No dia 25 de novembro de 2006, inicia-se a construção da tão sonhada Capela.

Capela São João Paulo II - Bairro dos Pereiros

O bairro Pereiros tem uma história missionária que vem de longa data. Uma senhora chamada D. Belinha, iniciou uma peregrinação com a imagem de Nossa Senhora das Graças em algumas casas do bairro. 

Anos depois, quem assumiu esta missão foi Dona Fransquinha Fernandes que por muitos  anos esteve à frente desta missão, especialmente  durante o mês de maio. Cuidava, com todo zelo, a devoção por Maria Santíssima. 

 A catequese era acompanhada por irmã Lúcia e gracinha Alves que se deslocavam para coordenarem e iniciarem a catequese. 

A catequese acontecia na rua Dom Bosco nas calçadas ou debaixo das árvores. Muitas crianças, hoje adultas, foram ali catequisadas e, este lugar nós chamávamos de CENTRO DO CATECISMO. Irmã Lúcia ficou nos assessorando e, com o tempo as catequistas foram sendo  as próprias pessoas do bairro.

Por volta do ano de 1984 uma turma de jovens organizaram um pequeno grupo com intuito de ler, meditar a Palavra de Deus e rezar o terço com as famílias. Posteriormente, levados pela explosão da Renovação carismática no Ipu este grupo passou a ser chamado de UNIDOS EM CRISTO. 

 Anos depois, uma equipe liderada pelo Lenir, ex coordenador do grupo, pediram um terreno para a construção de uma capela ao médico Doutor Thomaz de Araújo Corrêa e família, nos quais  foram prontamente atendidos na doação de um terreno para a construção da capela. 

Por volta do ano de 2011 tiveram início aos trabalhos de construção. Padre Nonato solicitou para a capela o nome de São João Paulo II, na época, beato João Paulo II.

Dessa forma, por decisão de padre Raimundo Nonato, o grupo unido em cristo passou a se chamar comunidade São João Paulo II. 

 No dia 22 de outubro a   Comunidade São João Paulo II celebra a festa de seu padroeiro.

 Em 2011 foi lançada a Pedra Fundamental com a Celebração da Santa Missa. Por opção do padre Nonato não houve o pote com os nomes enterrados.

  Em 2013 a comunidade teve sua primeira festa em honra ao padroeiro com organização de um tríduo.

  No dia 21 de maio de 2017 a comunidade promoveu uma eleição para a renovação do conselho, E neste processo eletivo a Comunidade passou a ter uma nova coordenação. E hoje tem como coordenadora a Elieusa.

  Ainda convém lembrar que com a mudança de coordenação foi realizado algumas ações , e dentre elas está o nosso primeiro novenário em outubro de 2018.

  Em 2020 tivemos uma nova eleição do conselho, dessa vez assessorada diretamente pelo nosso pároco João Vasconcelos. 

Foi feita algumas mudanças relacionadas a troca de membros do Conselho e a coordenadora Elieusa foi reeleita por mais dois anos.

  Atualmente nossa comunidade está dividida em 6 setores, cada setor com os seus respectivos coordenadores.

Como práticas religiosas existentes na comunidade temos, visitas pontuais ás famílias, Celebração da Palavra Semanal, 

Uma missa mensal, Mês Mariano com a reza do terço e da Palavra nas Familias, reunião semanal com o Conselho, catequese infantil com 6 catequisas, IAM, Grupo do rosário, terço dos homens; temos também  3 Ministros da Palavra e 7 Ministros Extraordinários da Sagrada Eucaristia.

Outro fato existente é A TRADIÇAO DA CORAÇAO DE NOSSSA SENHORA no último domingo do mês de maio.

Por fim a Capela São João Paulo II, apesar de muitos esforços, ainda caminha a pequenos passos nas    etapas de sua construção, mas mesmo diante dos desafios, permanecemos firmes, fortes e determinados na construção de nosso tão sonhado templo. 

Ainda temos na sede a Capela de São Vicente e Santa Luiza de Marilac - Bairro Alto dos 14.